Como projeto de mestrado, a designer chinesa Qiyan Deng criou uma linha de talheres inspirados em plantas, com cores e formas que lembram frutas e vegetais. Produzida com amido de milho, a coleção ganhou o nome de Graft.

“O objetivo é apresentar o bioplástico. É um material lindo que merece concepção de design de ponta – não apenas exploração moral”, explica Deng.

O material é biodegravável, o que significa grande avanço em relação aos copinhos e talheres descartáveis convencionais. O design é tão bem trabalhado que poucos terão coragem de jogar os talheres fora! Como escreve a artista em seu site oficial, “as formas danatureza são utilizadas com outra finalidade: a haste de salsão vira garfo, a pétala de alcachofra, uma colher. A harmonia entre a sensação visual e tátil traz junto uma pergunta: Você conseguirá jogá-los fora facilmente?”.

O trabalho foi feito em partes: primeiro foi utilizado resina para encontrar o melhor formato e aplicação. Depois disso uma impressora 3D foi empregada para reproduzir as características dos alimentos nos objetos. Os talheres ainda são um protótipo, mas a designer procura patrocinadores para financiar sua invenção. Um bom investimento, não?

g1

g2

g3

g4

g5

g6

Fonte: Thegreenestpost (BOL)